Rio Santos Bossa Fest

AGENDA DE APRESENTAÇÕES

  • PINACOTECA BENEDICTO CALIXTO

    Dia 19 de janeiro

    19h30 Lançamento oficial do Rio Santos Bossa Fest 2018 com apresentação do músico Sebastian Rot

    Dia 22 de janeiro

    19h00 Bate Papo com a fotógrafa Kelly Petraglia e com o designer André Ghaoui
    19h30 Vernissage das Exposições Fotográficas - "Um Olhar sobre o Rio Santos Bossa Fest e o Rio Santos Jazz Fest" e "Santos Bossa Nova" com apresentação do músico Sebastian Rot

    Dia 26 de Janeiro

    15h30 Exibição do documentário "Coisa mais linda - História e casos da bossa nova" Roteiro e Direção: Paulo Thiago
    18h00 Bate papo sobre a bossa nova com Cássio Laranja, produtor cultural responsável pelo Rio Santos Bossa Fest, Rio Santos Jazz Fest e Portal Digital Jazz. 
    19h00  Música ao Vivo com Bruno De La Rosa - "Vinicius de Moraes e a Bossa Nova" 
    20h30 Exibição do filme "A Música segundo Tom Jobim"  Direção de Nelson Pereira dos Santos 

    Dia 27 de Janeiro

    17h00 Música ao Vivo com Manu Lafer -  "Você já sabe ?" Participações especiais: Fabio Tagliaferri, Direção musical, Viola de arco e Swami Junior - Violão de 7 cordas 
    18h30 Exibição do filme "United Kingdom of Ipanema - Roberto Menescal convida Andy Summers - participação especial: Cris Delanno" 

    Dia 28 de janeiro

    15h30 Exibição do filme "Emílio Santiago - Bossa Nova"
    17h00 Exibição do filme - "Bossa Nova in Concert"
    18h30 Exibição do filme - "Marcos Valle & Stacey Kent - Live At Birdland - New York City"
    19h00 Música ao Vivo com Fábio Luiz Salgado Convida Viviane Davoglio & Lisete Capeleto

    Dia 02 de fevereiro

    18h00 Didi Gomes Trio – Tributo a Elis Regina

    Dia 03 de Fevereiro

    18h00 Música ao Vivo com Bruno Conde & Larissa Finocchiaro

    Dia 04 de Fevereiro

    17h00 Música Ao Vivo com Rito gottardi & Celso Mantovani
  • PRAIAMAR SHOPPING

    Dia 20 de janeiro

    10h00 Cortejo pelas alamedas do shopping – Rio Santos Street Band
    11h00 Conjunto de Violões do Projeto Esculpir & Cordas Bancárias
    11h30 Orquestra & Coral do Projeto Tocando Em Frente – Regência Maestro Anderson Fabiano Souza de Oliveira
    12h00 Rafaella Laranja Quarteto – Tributo as Divas da Bossa Nova

    Dia 21 de janeiro

    11h00 Orquestra Filarmônica Jovem da Baixada Santista – Regência Maestro Ásafe Soler
    12h00 Newton Zago & Nei Rocha – Tributo aos Pianistas e Cantores da Bossa Nova
  • TEATRO COLISEU

    Dia 23 de janeiro

    19h00 Paulo Costta – Voz & Violão – Tributo a João Gilberto
    21h00 Tamborama Trio

    Dia 24 de janeiro

    19h00 Nadja Soares, Daniel Simonian e Choro & Afins
    21h00 Bossa Brazillis Trio – Tributo ao Samba Jazz

    Observação: Serão distribuídas 700 senhas numeradas para o público para cada um dos dois dias de apresentações, sempre uma hora antes da primeira apresentação do dia, ou seja, a partir das 18h00 dos dias 23 e 24 de janeiro de 2018. Não teremos assentos numerados. Entrada gratuita. Classificação Livre.

  • TEATRO DO SESC

    Dia 25 de janeiro – Dia Nacional e Municipal da Bossa Nova

    19h00 Danilo Caymmi – Voz & Piano – Tributo a Tom Jobim – Lançamento do CD “Danilo Caymmi canta Tom Jobim”. Participação especial – Marinho Boffa (piano)
    21h00 Quarteto do Rio – Tributo a Roberto Menescal – Lançamento do CD “Mr. Bossa Nova”

    Observação: Os ingressos para os dois shows serão distribuídos a partir das 10h00 da manhã do dia 25 de janeiro de 2018, no mesmo dia das apresentações, na unidade do SESC SANTOS, respeitando as normas, condições e procedimentos da entidade. Entrada gratuita. Classificação – Não recomendado para menores de 12 anos.

  • AUDITÓRIO DA PORTO SEGURO

    Dia 07 de Fevereiro

    12h00 Bate papo sobre a Bossa Nova com Cássio Laranja, produtor cultural responsável pelo Rio Santos Bossa Fest, Rio Santos Jazz Fest e Portal Digital Jazz.
    13h00 Conjunto de Violões do Projeto Esculpir.

CONHEÇA AS ATRAÇÕES


atrações principais

PAULO COSTTA
Teatro Coliseu
23/01 - 19h00

Mais Info.

BOSSA BRAZILLIS TRIO
Teatro Coliseu
24/01 - 21h00

Mais Info.

DANILO CAYMMI
Teatro do Sesc
25/01 - 19h00

Mais Info.

QUARTETO DO RIO
Teatro do Sesc
25/01 - 21h00

Mais Info.

MANU LAFER TRIO
Pinacoteca Benedicto Calixto
27/01 - 17h00

Mais Info.

atrações locais

RIO SANTOS STREET BAND
Cortejo pelas Alamedas do Praiamar Shopping
20/01 - 10h00

Mais Info.

RAFAELLA LARANJA QUARTETO
Praiamar Shopping
20/01 - 12h00

Mais Info.

NEWTON ZAGO & NEI ROCHA
Praiamar Shopping
21/01 - 12h00

Mais Info.

TAMBORAMA TRIO
Teatro Coliseu
23/01 - 21h00

Mais Info.

NADJA SOARES - DANIEL SIMONIAN + CHORO & AFINS
Teatro Coliseu
24/01 - 19h00

Mais Info.

SEBASTIAN ROT
Pinacoteca Benedicto Calixto
19/01 - 19h30 | 22/01 - 19h30

Mais Info.

BRUNO DE LA ROSA
Pinacoteca Benedicto Calixto
26/01 - 19h00

Mais Info.

FÁBIO LUIZ SALGADO convida VIVIANE DAVOGLIO & LISETE CAPELETTO
Pinacoteca Benedicto Calixto
28/01 - 19h

Mais Info.

DIDI GOMES TRIO
Pinacoteca Benedicto Calixto
02/02 - 18h00

Mais Info.

BRUNO CONDE & LARISSA FINOCCHIARO
Pinacoteca Benedicto Calixto
03/02 - 18h00

Mais Info.

RITA GOTTARDI & CELSO MANTOVANI
Pinacoteca Bendicto Calixto
04/02 - 17h00

Mais Info.


 Na Pinacoteca Benedicto Calixto teremos também no dia 22-01-18 - 19h30 - VERNISSAGE DAS EXPOSIÇÕES FOTOGRÁFICAS DE KELLY PETRAGLIA E ANDRE GHAOUI - "UM OLHAR SOBRE O RIO SANTOS BOSSA FEST & RIO SANTOS JAZZ FEST". A exposição poderá ser visitada de terça a domingo, das 9h00 às 18h00, até o dia 11 de fevereiro.


projetos sociais

CONJUNTO DE VIOLÕES DO PROJETO ESCULPIR & CORDAS BANCÁRIAS
Praiamar Shopping
20/01 - 11h00

Mais Info.

ORQUESTRA & CORAL DO PROJETO TOCANDO EM FRENTE - Regência Maestro Anderson Fabiano Souza de Oliveira
Praiamar Shopping
20/01 - 11h30

Mais Info.

ORQUESTRA FILARMÔNICA JOVEM DA BAIXADA SANTISTA - Regência Maestro Ásafe Soler
Praiamar Shopping
21/01 - 11h00

Mais Info.

Release

Rio Santos BOSSA FEST 2018 – 60 anos da BOSSA NOVA

O objetivo principal do RIO SANTOS BOSSA FEST 2018 é trazer entretenimento para o público da Baixada Santista através do melhor da produção brasileira da BOSSA NOVA.

INFORMAÇÕES

SHOWS – EXPOSIÇÃO DE FOTOS – EXIBIÇÃO DE FILMES – PALESTRAS
Comemoração do Dia Nacional e Municipal da Bossa Nova em Santos - 25/01/18

PERÍODO: entre os dias 19 de janeiro e 11 de fevereiro de 2018, com 24 dias de duração

TRIBUTOS A JOÃO GILBERTO, TOM JOBIM, ROBERTO MENESCAL, AO SAMBA JAZZ, DIVAS DA BOSSA NOVA, VINICIUS DE MORAES, MARCOS VALLE, JOÃO DONATO, MANFREDO FEST, SERGIO MENDES, CARLOS LYRA, ELIS REGINA ENTRE OUTROS

ENTRADA GRATUITA FAIXA ETÁRIA: LIVRE *

*(EXCETO NOS 2 SHOWS QUE ACONTECERÃO NO TEATRO DO SESC SANTOS – DANILO CAYMMI & QUARTETO DO RIO - NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS)

LOCAIS: TEATRO COLISEU (DIAS 23 e 24 de janeiro) - TEATRO DO SESC SANTOS (DIA 25 de janeiro) - PRAIAMAR SHOPPING (DIAS 20 e 21 de janeiro) – PINACOTECA BENEDICTO CALIXTO (DIAS 19, 26, 27, 28 de janeiro, 02 de Fevereiro até 11 de fevereiro) e AUDITÓRIO DA PORTO SEGURO (DIA 07 de fevereiro)"

Para os shows no TEATRO COLISEU - SERÃO DISTRIBUÍDAS 700 SENHAS NUMERADAS PARA O PÚBLICO PARA CADA UM DOS DOIS DIAS DE APRESENTAÇÕES, SEMPRE UMA HORA ANTES DA PRIMEIRA APRESENTAÇÃO DO DIA, OU SEJA, A PARTIR DAS 18h00 DOS DIAS 23 E 24 DE JANEIRO DE 2018. NÃO TEREMOS ASSENTOS NUMERADOS

Para os shows no TEATRO DO SESC - OS INGRESSOS PARA OS DOIS SHOWS SERÃO DISTRIBUÍDOS A PARTIR DAS 10h00 DA MANHÃ DO DIA 25 DE JANEIRO DE 2018, NO MESMO DIA DAS APRESENTAÇÕES, NA UNIDADE DO SESC SANTOS, RESPEITANDO AS NORMAS, CONDIÇÕES E PROCEDIMENTOS DA ENTIDADE


INFORMAÇÕES E PRODUÇÃO CULTURAL: CÁSSIO LARANJA – cassiolaranja@hotmail.com e GRAZIELLA GUERREIRO – graziaguerreiro@gmail.com

Rio Santos Bossa Fest 2018

O Rio Santos Bossa Fest 2018 – www.riosantosbossafest.com.br, foi realizado entre os dias 19 de janeiro e 11 de fevereiro de 2018, com 24 dias de duração. Shows musicais, exibição de filmes, exposição de fotos e palestras. Foram mais de 20 atrações, todas gratuitas, 194 músicos que se apresentaram nos palcos da Pinacoteca Benedicto Calixto, Praiamar Shopping, Teatros Coliseu e do Sesc Santos e Auditório da Porto Seguro.

Comemoramos pelo quinto ano consecutivo em Santos, o Dia Nacional e Municipal da Bossa Nova, celebrado em 25 de janeiro e também os 60 anos da Bossa Nova (1958-2018). Com muita honra, a cidade de Santos celebrou em grande estilo o gênero musical genuinamente brasileiro, que está espalhado por todas as partes do planeta.

Foram mais de 4.500 pessoas que diretamente participaram do Festival, acompanhando as apresentações de Danilo Caymmi & Marinho Boffa, Quarteto Do Rio, Paulo Costta, Bossa Brazillis Trio + 1, Manu Lafer Trio, Rio Santos Street Band, Rafaella Laranja Quarteto, Tamborama Trio, Nadja Soares, Daniel Simonian e Choro & Afins, Bruno De La Rosa, Newton Zago & Nei Rocha, Didi GomesTrio, Fábio Luiz Salgado e Viviane Davoglio & Lisete Capeletto, Sebastian Rot, Bruno Conde & Larissa Finocchiaro, Rita Gottardi van Opstal & Celso Mantovani, Lucy Campos & Isaac Miranda, Conjunto de Violões do Projeto Esculpir & Cordas Bancárias, Orquestra e Coral do Projeto Tocando Em Frente e Orquestra Filarmônica Jovem da Baixada Santista.

Tivemos a veiculação do comercial de 30 segundos na TV Tribuna - Afiliada Globo, repercutindo o festival e os 60 anos da Bossa Nova.
Foram publicados na mídia impressa 14 anúncios:
- 07 anúncios de página inteira no Jornal da Orla - Edições Tabloide 5a. Feira - Janeiro (04-11-18 e 25) e Fevereiro (01-08 e 22).
- 07 anúncios de meia-página no Jornal da Orla - Edições de final de semana - Janeiro (06-13-20 e 27) e Fevereiro (03-10 e 24).

O clipping de mídia eletrônica anexado, comprova a grande repercussão e promoção do festival em nossa região e também por todo o Brasil.
O Festival só foi possível graças ao apoio master do SESC, Prefeitura de Santos - Secult, Fundação Benedicto Calixto, TV Tribuna, Praiamar Shopping, Jornal da Orla e Sabesp.

Aos apoios: Anseven, G. Pierotti, Marina Menezes, Toledo Corretora de Seguros, Porto Seguro Seguros, Foto Louzada, Store Bits, Central de Fretes, Novotel, Ghaoui Publicidade, Pap’Sport, Saudade FM, Leandro Amaral Fotojornalismo, Elemidia, Associação dos Artistas, Music Dreams Studios, Espaço Lix e Pizzaria Vicenzo.

Também aos apoios institucionais: Sebrae, Cury & Moure Simão Advogados, Digital Jazz e Apaa.
E a realização do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria da Cultura.
Agradecimentos especiais as emendas parlamentares destinadas pelos Vereadores Kenny Mendes e Adilson Junior. E também ao Jornal A Tribuna – Caderno Galeria e ao Programa JB.
De coração, muito obrigado à todos que participaram e prestigiaram o Festival e também para aqueles que vibraram positivamente para que tudo isso se tornasse realidade.
E também um agradecimento especial para a nossa enxuta e eficiente equipe de produção, formada por Graziella Guerreiro, Cristiane Niglio, Valter Rubin, Beatriz Périco e Victor Laranja. Sem a participação deles, nada disso seria possível.
A cobertura fotográfica do Festival ficou sob a responsabilidade da competente e inspirada fotógrafa Kelly Petraglia, que também contou com o apoio da fotógrafa Leonela Ferreyra.
Apesar de todas as dificuldades encontradas, cumprimos a nossa missão de acessibilidade, formação de novos públicos e a emocionante integração entre plateia e artistas através da música. Emoção pura!

Foi lindo demais! Obrigado Santos! Viva a Bossa Nova! Até 2019!

Apoio

Music Dreams Studios

Apoio Institucional

REALIZAÇÃO

Paulo Costta em TIM TIM por TIM TIM

Teatro Coliseu - 23/01 - 19h00

Iniciou sua carreira nos anos 70 como líder, vocalista e guitarrista da banda “Papa Poluição” que misturava poesia concreta, ritmos nordestinos e o velho e bom rock n’ roll. Produziu no início dos anos 70 o compacto, “Contos de fraldas”, de Tom Zé e “Teu coração bate, o meu apanha” de Thiago Araripe e Décio Pignatari um dos grandes poetas do movimento da poesia concreta. Foi produtor dos estúdio Eldorado e Sonotec ao lado de Hermeto Pascoal, Théo de Barros , foi um grande incentivador da carreira de Guilherme Arantes e Renato Teixeira, dedicou mais de 20 anos de sua carreira aos estúdios de gravação fazendo jingles e trilhas publicitárias e gravando com Hermeto Pascoal,, além da criação de trilhas sonoras para filmes como o premiado “Sargento Getúlio” e “Mário” que recebeu inúmeros prêmios como compositor, intérprete e produtor , participou de grandes festivais defendendo musica de Ronnie Von. 

Em 1988, Paulo Costta retorna à Salvador para inaugurar seu próprio estúdio de gravação, chamado “Tapwin” onde gravou e colaborou com diversos projetos de artistas locais como, por exemplo, Daniela Mercury, Ivete Sangalo (Banda Eva), Família Veloso no disco em homenagem a Sto. Amaro da Purificação.
Realizou trilhas para novelas produzidas para o mercado internacional e ainda no seu estúdio produziu o único disco do músico jamaicano realizado no Brasil, Jimmy Cliff. 

Após cinco anos em período sabatico na ilha de Itaparica dedicado a literatura volta à musica no pais do Louvre. Costta parte para a Europa e inicia uma nova fase em sua carreira. Recebe, nesse período, um convite para 21ª edição do festival francês “Jazz Sur Son 31” em outubro de 2007.

Sua apresentação foi um grande sucesso, marcada por momentos unicos como a adaptação em português, em ritmo de Bossa Nova, do clássico “Toulouse”, de Claude Nougaro que fora pela primeira vez autorizada pela própria viúva de Nougaro. Toulouse se tornou um dos maiores sucessos na França em bossa nova e na voz de Costta nas maiores rádios da França. Outro grande momento foi no Festival em Cannes onde cantou a música “Salvador, Henri”, dedicada a Henri Salvador e Dans mon Ile.

Teve um papel importante na UNESCO representando o Brasil, como o único artista brasileiro convidado ao “ Bicentenário da Independência das Américas que aconteceu em Paris; ainda em 2012 iniciou uma turnê com o contrabaixista de jazz, Jacques Vidal com participação de Pierre Barouh e sua filha Maia Barouh, cantando a versão de Samba da Benção. Logo gravou um documentário Amor a Bossa, no legendário Petit Journal Montparnesse com grandes convidados da cena musical francesa.

Foi convidado do Ministério da Cultura do Brasil a encerrar o ano da Fança na Bahia com show gravado para a TVE, com a turnê SAVEUR DE BOSSA que percorreu muitos SESC’s de SP e do interior, teatros e o CCP (CIRCUITO Cultural Paulista) visto por mais de 500 mil pessoas,no Brasil e nao exterior. Sua influência de Joao Gilberto esta presente nas suas composiçoes e na maneira de tocar e cantar e nesse show emocionante contanto um pouco da vida de mestre.

CONTATO
LUPA PRODUTORA
Luciana Valéo
lupafr@gmail.com
Tels: (21)99866 3902 | (21) 3597 6051

BOSSA BRAZILLIS TRIO

Teatro Coliseu - 24/01 - 21h00

Nesta apresentação, o “Bossa Brazillis “ interpreta os grandes sucessos dos Trios homenageados (em arranjos originais), narrando os fatos que fazem parte da história da Música Popular Brasileira, principalmente com o surgimento da Bossa Nova.
A cantora CLAUDETTE SOARES e os músicos fazem as narrativas durante o espetáculo, contando histórias e fatos marcantes das carreiras artísticas de cada um dos Trios homenageados.

Conteúdo do Show (duração aproximada 75 minutos)

O “ Bossa Brazillis “ apresenta os principais sucessos dos mais expressivos Trios da década de 60 conforme foram gravados originalmente, enquanto uma projeção no fundo do palco mostra as Capas dos discos de vinyl,objetos destas homenagens.
Nos intervalos entre as músicas apresentadas no show, os integrantes do “Bossa Brazillis “ e a cantora Claudette Soares narram os fatos e acontecimentos que marcaram as histórias das formações desses Trios e de seus músicos.
O repertório (básico), a ser apresentado está assim definido :

“Os Bossa 3”
Blues Walk (Clifford Brown)
Menina Feia ( Oscar Castro Neves)

“Sambalanço Trio”
Samblues (Cesar Mariano)
Nós e o Mar ( Menescal e Bôscoli)

“Milton Banana Trio”
Cidade Vazia (Baden Powell / Lula Freire)
Feitinha pro Poeta ( Baden Powell)

“ SOM/3 ”
O Morro Não Tem Vez (A.C.Jobim / Vinicius de Morais)
Canto de Ossanha (Baden Powell / Vinicius de Morais)

“ Manfredo Fest Trio “
Quem é Homem Não Chora ( Vera Brasil / Geraldo Vandré)
Can’t Buy Me Love (Lennon / McCartney)

“TAMBA Trio”
Batida Diferente (Durval Ferreira)
Influência do Jazz (Carlos Lyra)
The Dolphin (Luiz Eça)
Ai, se eu pudesse (Menescal/Boscoli)
Quem diz que sabe (João Donato)

“ ZIMBO Trio “
Berimbau (Baden Powell / Vinicius de Morais)

VICTOR RICCELLI
Baterista e líder do grupo, autor de inúmeros projetos musicais/culturais que prestam homenagens à vários artistas que fizeram a história da M.P.B. tais como: Eliseth Cardoso, Os Cariocas, Quarteto em CY, MPB 4, entre outros.
Atuou ao lado de Juarez Santana, Evaldo Soares, Karlaum (Jongo Trio), além de ter sido side-man de Antonio Marcos e Vanusa na década de 60.
Atualmente se apresenta com o Bossa Brazillis e como side-man da cantora Jane Morais , Claudette Soares , Rosa Esteves e Mara Nascimento.

GIBA ESTEBEZ
Pianista, professor de música, compositor e arranjador.
Além de pianista do Bossa Brazillis é o side-man de cantoras renomadas como Claudette Soares, Alaíde Costa , Jane Moraes, Rosa Entevez, entre outros artistas.

AIRTON FERNANDES
Baixista, professor de música e side-man de artistas consagrados tais como: Miltinho, Pery Ribeiro, Alaide Costa, Doris Monteiro, entre outros.
Atualmente se apresenta com o Bossa Brazillis e com a cantora Claudette Soares no circuito artístico de São Paulo.

WALTER LACERDA (músico convidado na homenagem ao TAMBA TRIO)
Flautista / Saxofonista, side-man de vários grupos instrumentais da cena musical paulistana.

DANILO CAYMI

Teatro do Sesc - 25/01 - 19h00

DANILO CAYMI FAZ SHOW DE LANÇAMENTO DO CD “DANILO CAYMMI CANTA TOM JOBIM” EM SANTOS, ABRINDO A NOITE DE COMEMORAÇÕES DO DIA NACIONAL E MUNICIPAL DA BOSSA NOVA.
Participação Especial: Marinho Boffa no piano

Lançado em 2017 pelo selo Universal, o CD “Danilo Caymmi canta Tom Jobim” apresenta algumas das mais belas canções do grande maestro Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, com arranjos únicos elaborados pelo próprio Danilo Caymmi.

Para este show em Santos, contará com a participação especial de Marinho Boffa ao piano.

No show, Danilo Caymmi também mostrará seu lado instrumentista. A flauta estará presente assim como nos concertos que Danilo fez com o próprio Tom Jobim em diversas oportunidades.

Um show intimista, no qual Danilo faz uma homenagem aos 60 anos da nossa Bossa Nova e celebra os 91 anos do nosso grande maestro Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim.

Perfil – Danilo Caymmi

Cantor, compositor e arranjador, Danilo Candido Tostes Caymmi nasceu no RJ, em 1948.

Ganha seu primeiro instrumento musical, uma flauta doce, e começa a tocar intuitivamente, em 1962, e posteriormente estuda flauta transversal com o professor Lenir Siqueira e violão com o irmão Dori.

Aos 15 anos participou pela primeira vez de um estúdio da gravação como flautista do antológico disco “Caymmi visita Tom e leva Nana, Dori e Danilo”, em 1964.  Tem seu trabalho de compositor registrado pela primeira vez por Mário Castro Neves, com a gravação das músicas De Brincadeira e Candomblé ambas em parceria com Edmundo Souto, em 1967.

Cursando ainda a faculdade de Arquitetura na UFRJ, participa do 3º Festival Internacional da Canção Popular com Andança, que faz em parceria com Paulinho Tapajós e Edmundo Souto interpretada por Beth Carvalho e Golden Boys e classificada em 3º lugar. Vence o Festival de Juiz de Fora com Casaco Marrom (parceria com Renato Corrêa e Gutemberg Guarabira). Ambas, Andança e Casaco Marrom se tornaram grandes sucesso e permaneceram na memória coletiva como clássicos da MPB. A música faz com que ele abandone a faculdade de Arquitetura.

No início dos anos 70, na Pró-Arte - Rio de Janeiro, estuda flauta transversal com Odete Ernest Dias.

Em 1973, começa a atuar como músico em gravações e shows de Edu Lobo. Como instrumentista virtuose Danilo Caymmi participou dos mais importantes discos dos anos 1970 enfeitando trabalhos alheios de: Gonzaguinha, Simone, Milton Nascimento, Clube da Esquina, Chico Buarque, Simone, Tom Jobim, entre outros.

Integra a Banda Nova a convite de Tom Jobim inicialmente como flautista e posteriormente convocado pelo maestro passa também a cantar, de 1983 a 1994.

Participa dos shows de Tom como músico pelo mundo: no Carnegie Hall, NY, no Avery Fisher Hall Lincoln Center, NY, no Constitution Hall, em Washington DC, e no Festival de Montreux, na Suiça. Além de participar de shows no Greek Theater, de Los Angeles, e no Hibiya Yahai Ongakudo, em Tóquio; no Palais de Beaux Arts, em Bruxelas, Bélgica e no Teatro Rex, Paris, Jerusalém e Israel. Com Tom Jobim, além de trabalhar como músico, ele fazia também a direção dos shows do maestro.

Dirige e participa do concerto beneficente para a Rain Forest Foundation com participação de Sting, Caetano, Gil, Elton John, no Carnegie Hall, NY, em 1991.

Danilo Caymmi é autor das trilhas sonoras de novelas e minisséries: Riacho Doce (parceria com Dudu Falcão), Tereza Batista (parceria com Dorival Caymmi), Corpo e Alma e Mulheres de Areia, entre outras. É autor de vários trabalhos entre LPs, discos e CDs.

Discografia:

(1977) Grava “Cheiro Verde”, seu primeiro disco solo
(1994) Danilo Caymmi
(1995) Sol Moreno
(1997) Mistura Brasileira
(1998) Eu, você, nós dois
(2001) Trilhas
(2004) Para Caymmi, de Nana, Dori e Danilo: 90 anos (Nana Caymmi, Dori e Danilo Caymmi) • Warner • CD
(2004) O patriota (Manu Lafer e Danilo Caymmi) • CD
(2005) Falando de amor - Famílias Caymmi e Jobim cantam Antonio Carlos Jobim (Nana Caymmi, Dori Caymmi, Danilo Caymmi, Paulo Jobim e Daniel Jobim) • Sony-BMG • CD
(2008) Danilo Caymmi e Amigos. CD e DVD
(2011) Alvear
(2014) Don Don
(2017) Danilo Caymmi canta Tom Jobim

No repertório do show que abre a noite de encerramento do Rio Santos Bossa Fest 2018, o cantor traz as músicas do disco novo, claro, como “Bonita”, “Ela é Carioca”, “Por Causa de Você”, “Estrada do Sol”, “Água de Beber” e “Luiza”, homenageando o Maestro Soberano.

Além das canções do disco, também serão apresentadas algumas das principais músicas que fazem parte do repertório do artista e que sempre são pedidas nos seus shows.

Serviço

Show: DANILO CAYMMI – VOZ & PIANO – Participação especial: Marinho Boffa - Lançamento do CD “DANILO CAYMMI CANTA TOM JOBIM”
Local: Teatro do SESC SANTOS (Rua Conselheiro Ribas, 136 – Santos/SP)
Data: 25 de janeiro de 2018, quinta, às 19:00 horas.
Preços: Gratuito
Ingressos: retirados antecipadamente na bilheteria do SESC SANTOS
Classificação: livre

QUARTETO DO RIO

Teatro do Sesc - 25/01 - 21h00

QUARTETO DO RIO FAZ SHOW DE LANÇAMENTO DO CD “Mr. BOSSA NOVA” EM SANTOS NO ENCERRAMENTO DAS COMEMORAÇÕES DO DIA NACIONEL E MUNICIPAL DA BOSSA NOVA.

O Quarteto do Rio, grupo vocal e instrumental criado pelos ex-integrantes do inigualável grupo Os Cariocas – que fez história na música brasileira com o seu jeito ímpar de harmonizar e interpretar – faz show de lançamento de seu primeiro CD “Mr. Bossa Nova”, no dia 25 de janeiro de 2018, quinta, 21 horas, no Teatro do SESC SANTOS, encerrando a programação do Rio Santos Bossa Fest 2018.

Este disco homenageia o grande músico Roberto Menescal, que completa 80 anos em 2017 em plena atividade artística, com um repertório inteiro de sua autoria, sendo três músicas inéditas. Menescal, depois de vários encontros com o grupo pelos palcos do Brasil e do mundo, se juntou ao vocal e instrumental do quarteto com sua guitarra elegante festejando o aniversário com um passeio musical por suas melodias e harmonias.

O Quarteto do Rio é formando por Eloi Vicente (violão/voz), que integrou Os Cariocas durante 22 anos, assim como Neil Teixeira (baixo/voz), por 21 anos, e Fabio Luna (baterista/voz/flauta), por seis anos, e agora contam também com Leandro Freixo (piano/voz) para dar continuidade ao trabalho do grupo mantendo o alto nível de performance instrumental, além do excelente padrão vocal, e manter vivo um modo de tratar a música popular brasileira, nos palcos e em gravações, com a qualidade e o esmero sempre exigidos pelo seu público por todos esses anos.

Com distintas formações, o grupo Os Cariocas, que nasceu em 1946, se manteve em atividade até 2015 sob a direção musical de Severino Filho. Lançou em sua carreira cerca de 70 discos. Os dois trabalhos mais recentes foram destaques no Prêmio da Música Brasileira: o CD “Nossa Alma Canta” de 2010 foi vencedor do Prêmio na categoria melhor grupo de MPB, com a participação de Elói e Neil como integrantes e arranjadores, e o último do grupo, “Estamos Aí”, de 2014, também foi finalista deste mesmo prêmio, já com Fábio Luna integrado à sua formação. Com a morte do maestro Severino em março de 2016, foram informados pela família de Severino que o nome Os Cariocas não poderia mais ser usado pelo grupo. Decidiram então assumir o nome Quarteto do Rio e continuar fazendo música vocal de qualidade pelo Brasil.

No repertório do show, o grupo traz as músicas do disco novo, claro, como as inéditas “Ela Quer Sambar” e “Você Me Ganhou”, ambas de Menescal e Paulo Sérgio Valle, e “Um Tiquinho Só (Menescal/Andréa Amorim), além de canções frutos da parceria de Menescal e Boscoli: “Ah”! Se Eu Pudesse”, “A Volta”, “O Barquinho/Você”, “A Morte de Um Deus de Sal”, “Nós e o Mar” e “Bye Bye Brasil”.

Além de canções do disco, também serão apresentadas músicas de outros compositores que fizeram parte da trajetória do grupo Os Cariocas, interpretadas com arranjos vocais e instrumentais elaborados, tais como, Tom Jobim, Carlos Lyra, Vinícius de Moraes, Chico Buarque, João Bosco, Dorival Caymmi e Milton Nascimento.

Serviço

Show: Quarteto do Rio - Lançamento do CD “MR. BOSSA NOVA”
Local: Teatro do SESC SANTOS (Rua Conselheiro Ribas, 136 – Santos/SP)
Data: 25 de janeiro de 2018, quinta, às 21:00 horas.
Preços: Gratuito
Ingressos: retirados antecipadamente na bilheteria do SESC SANTOS
Classificação: livre

MANU LAFER TRIO

Pinacoteca Benedicto Calixto - 27/01 - 17h00

Manu Lafer é compositor, cantor e violonista, possui mais de 100 canções autorais gravadas, tem 17 CD’s, 2 DVD’s, com 20 anos de carreira. Gravou nos Estados Unidos com John Pizzarelli, Bucky Pizzarelli, Howard Alden, Ken Peplowski, Chuck Redd, Mike Clarke, Maude Maggart e Jack Wilkins. Representou a música brasileira no Festival das Águas de Berlim (2010).

Seu trabalho autoral, geralmente como melodista, letrista e arranjo de base para violão, fundamenta-se nos ritmos brasileiros, destacando destes para esse show, a bossa nova.

Tem extensa colaboração com o cantor símbolo do samba paulista, Germano Mathias, com quem lançou um álbum em 2016, e fez um álbum com sambas da era do rádio convidando a voz especial do baiano Mateus Aleluia.

Nesse show, estará acompanhado pelo seu diretor musical Fabio Tagliaferri (viola de arco), pelo violonista e produtor Swami Junior (Buena Vista Social Clube, Maria Bethânia, José Miguel Wisnik) e para mostrar o seu canto influenciado pela Bossa Nova, particularmente por João Gilberto, explorando as bossas novas da sua carreira como Onde Está Você? e Ou Mal Me Quer (parceria com Danilo Caymmi) além de versões de Geraldo Pereira, entre outras.

MÚSICOS:
Manu Lafer: voz
Fabio Tagliaferri: direção musical e viola de arco
Swami Junior: violão de 7 cordas

RIO SANTOS STREET BAND

Cortejo pelas Alamedas do Praiamar Shopping - 20/01 - 10h00

Uma típica banda de Dixieland será adaptada ao ritmo e as canções da Bossa Nova, fazendo um contagiante cortejo pelas alamedas do Praiamar Shopping.
Formada por vários instrumentos de sopro e percussão, a banda que se apresenta sempre em movimento, esbanja simpatia e irreverência, interagindo de uma forma muito especial com o público, levando muita alegria e emoção por onde passa.
A sonoridade lembra muito o som que era tocado nas ruas, bares e barcos a vapor da cidade de New Orleans, considerada como o berço do Jazz. 
Dirigida e idealizada pelo saxofonista e arranjador Maurício Fernandes, é a banda oficial do RIO SANTOS BOSSA FEST e do RIO SANTOS JAZZ FEST e uma das atrações mais queridas do público.

RAFAELLA LARANJA QUARTETO

Praiamar Shopping - 20/01 - 12h00

A cantora santista, nascida no ano de 1985, teve sua iniciação musical aos 7 anos de idade com aulas de piano. Aos 14 anos ingressou na Escola Universal da Música onde concluiu o curso de formação vocal popular e lírica. Nesta mesma época, participou do Coral Dream´s Voices onde teve seu primeiro contato com músicas internacionais. Concomitantemente já se apresentava informalmente em encontros musicais, cantando músicas brasileiras, demonstrando muito talento e dando os primeiros passos de sua carreira. Aos 19 anos, realizou seu primeiro trabalho profissional no antigo Radio City Café, em Santos/SP. A partir desse momento, iniciou sua carreira de cantora profissional em bares, teatros e em diversos espaços musicais, principalmente, na região e na capital.

Seu primeiro show de grande porte aconteceu no Teatro Municipal de Santos, ao lado do violonista, cantor e compositor Jorge Simas; Nesta mesma época, participou do show em comemoração ao centenário de Pedro Caetano ao lado do bandolinista Aleh Ferreira, no projeto Sons da Cidade no Teatro Guarany. Outro trabalho de grande representação foi quando viajou o Brasil cantando nas corridas da Fórmula Truck, tendo enorme destaque ao interpretar o Hino Nacional antes da largada dos caminhões.

Podemos destacar também suas participações em alguns grupos e projetos (Samba no Salto, As Mulheres do Bheto, As Marias de João...) e, diversas participações em gravações de Cds e jingles.

Dos shows que já realizou merece destaque: “Rafaella Laranja Canta Centenário de Noel Rosa”, show montado para contar a história deste ícone do samba brasileiro, que deixou eternizada suas canções; “Em Cantos de Elis”, show que reverencia a memória e as canções marcantes do repertório da grande intérprete Elis Regina; “Emílio Santiago – A voz das Aquarelas”, show que relembra as obras musicais interpretada por um artista de voz única; “Todo Sentimento”, show que destaca nas suas canções as fases de um relacionamento costurado por intervenções cênica da atriz global e diretora Eliana Rocha e; Recentemente participou do projeto “Rearranjos” do SESC - Santos, interpretando, em um lindo show, canções do CD Verde, Amarelo, Anil, Cor de Rosa e Carvão – Marisa Monte.

Outro evento de grande importância que participou foi do 11º aniversário do Clube do Choro de Santos, cantando ao lado do jornalista e escritor Sérgio Cabral, no show Dos Cortiços e Palafitas. Há de se destacar também sua presença nos carnavais santistas, nas tradicionais Bandas, onde é conhecida por interpretar marchinhas carnavalescas, além da sua estreia na ala de intérpretes da Escola de Samba Bandeirantes do Saboó. Destacou-se também como intérprete do Festival Exposamba defendendo o samba “Como é que Pode?” de Elenira Ribeiro e o samba “Doze Pontos”, de Ademir Soares e José Luiz Ubida.

Com Trio Brasileirinho (Rafaella Laranja, Luizinho 7 cordas e Adriano Amorim), e dividindo o palco com o ícone do samba paulista Osvaldinho da Cuíca e suas mulatas, embarcou no transatlântico japonês “ASUKA II”, que na ocasião estava dando a volta ao mundo, percorrendo Santos, Rio de Janeiro, Salvador e Belém, para uma turnê de quinze dias. Foram os únicos brasileiros a bordo deste navio. Difundiram a cultura musical brasileira, através do choro, samba e bossa para os passageiros asiáticos do cruzeiro. O trabalho deu tão certo, que, ainda hoje o Trio Brasileirinho faz apresentações para grupos japoneses que veem ao Brasil.

Outro destaque do seu trabalho são as suas apresentações em espaços culturais. Dentre eles, podemos citar: SESC, SESI, Choro no Aquário, Mercado Municipal, Tendas, Festas de Inverno, Música no Centro, Viradas Culturais, Concha Acústica, entre outros.

Está finalizando seu primeiro álbum, “Minha Cara”, gravado de forma independente, que será lançado no primeiro semestre de 2018. Muita coisa boa vem por ai!

Para quem gosta de uma boa música, sabe que Rafaella e seu pandeiro tem forte presença nas noites santistas. Com voz suave, marcante, alegre e contagiante, e um carisma ímpar, tem forma própria e única em cantar nomes consagrados da nossa música brasileira, como: Chico Buarque, Edu Lobo, Gilberto Gil, João Bosco, João Nogueira, Cartola, Nelson Cavaquinho, Aldir Blanc, Vinícius de Moraes, Marisa Monte, Rita Lee, Wilson Simonal, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, etc. Além dos shows, seu trabalho pode ser apreciado me várias casas, sendo hoje um nome bastante procurado e referência da boa música brasileira.

A apresentação da cantora Rafaella Laranja dentro do RIO SANTOS BOSSA FEST 2018, marcará uma homenagem as grandes divas da Bossa Nova e ela estará se apresentando ao lado dos músicos Bheto Alves no violão, Rodrigo Farias no trombone e Carlos Nakai na timba.

NEWTON ZAGO & NEI ROCHA

Praiamar Shopping - 21/01 - 12h00

Newton Zago
Uma apresentação de Newton Zago é sempre uma ocasião especial – e apesar de requisitado em todo o Brasil como pianista & cantor, atraiu atenção não apenas por sua técnica e profunda musicalidade, mas por ser um dos intérpretes de sua geração com maior domínio em todos os estilos como clássico, rock , jazz, mpb ,samba, bossanova etc...

Newton Zago é um daqueles músicos que é em grande parte, ou melhor, totalmente imprevisível - que torna concertos como o seu recital “ ininterrupto “, tão excitantes e tão diversificados.

Filho do Maestro Nilson Zago, conhecido internacionalmente por ter participado em um dos concursos de Órgão Eletrônico YAMAHA mais cobiçados do mundo, no qual foi premiado. Sua mãe musicista formada no Instituto Musical Santa Cecília de Santos.

Se Newton pode ser classificado, é como um músico de multitalentos. Com sua versatilidade , ele não procura novidade pela novidade. Ele se utiliza dos modelos existentes, que ele reconhecer como válidos sem consideração de determinada época, e os mistura com expressão pessoal.

Newton Zago não apenas vive se surpreendendo como também adora surpreender os outros.

Ele enxerga além das divisões entre as peças individuais, pelo que a audiência deve estar sempre alerta para ser capaz de aplaudir o executante.

Com técnica suberba, musicalidade efervescente e curiosidade ilimitada, sem um resquício de autonegação e em desafio a todas as regras tradicionais, Newton Zago move-se em todos os terrenos, pois somente desta forma podem ser encontrados os caminhos mais curtos.

Para esta apresentação especial dentro do RIO SANTOS BOSSA FEST 2018, o músico prestará uma homenagem aos grandes pianistas da Bossa Nova como Dick Farney, Johnny Alf, Manfredo Fest, João Donato, Marcos Valle entre outros.


Nei Rocha
Iniciou seus estudos aos 14 anos assistido pelo professor de violão Gustavo Bitencourt . Cursou violão e contrabaixo durante dois anos, em seguida conheceu o baixista Chico Gomes e teve o efetivo conhecimento de harmonia e contrabaixo. Estudou no Clã escola administrada pelo Zimbo Trio

Participou de práticas de conjunto do Maestro Paulo Sérgio do Espirito Santo. Integrou a Cia. Instrumental do Maestro José Simonian e com este participa de vários trabalhos e formações.

Participou de vários cruzeiros marítimos acompanhando o cantor Celso Lago, Quarteto Essência Brasileira. Acompanhou artistas como: Leila Pinheiro, Roberto Sion, Davi Costa, Vera Figueiredo e Mauro Hector.

Atualmente faz parte do quarteto de Mauricio Fernandes ao lado do guitarrista Claudio Celso e do baterista Ricardo Vaz. É integrante da Banda Jazzileira.

TAMBORAMA TRIO

Teatro Coliseu - 23/01 - 21h00

Trio formado há 3 anos por Mano Ritto - Piano, Ney Rocha - Contrabaixo e Plínio Romero - Bateria, vem desenvolvendo um trabalho instrumental de música popular brasileira em casas de shows e bares no território nacional.

Atualmente promove o projeto CD Tamborama Trio, onde apresenta algumas músicas consagradas de nossos artistas brasileiros como João Bosco, Moacyr Santos, Manfredo Fest entre outros, assim como também composições próprias elaboradas e arranjadas pelo tro.

Músicos com formação musical na escola do jazz, incorpora ao gingado brasileiro esse conhecimento, proporcionando um som pulsante e swingado. Com o propósito de divulgar cada vez mais a nossa música e estilo brasileiro, o Tamborama Trio tem o prazer de apresentar-se em teatros e casas de espetáculos para cada vez mais tenhamos oportunidades de apreciar nossa tão rica música brasileira.

NADJA SOARES - DANIEL SIMONIAN + CHORO & AFINS

Teatro Coliseu - 24/01 - 19h00

Nadja Soares
Emoção e sensibilidade são características da bela voz de Nadja que é atração nas melhores casas noturnas do Litoral Paulista. Iniciou sua carreira musical em 1981, como integrante do grupo “Canto de Casa”, que participou de vários festivais de música. A partir daí começou a apresentar-se em carreira solo, acompanhada dos mais categorizados músicos e nas mais variadas formações, com repertório de MPB de alta qualidade. Lançou seu primeiro CD, com músicas inéditas, em 2001, com o nome “Sinaleiro”. Cantando ao lado do renomado músico Filó Machado chegou a apresentar-se na lendária casa "Boca da Noite" em São Paulo e, mais recentemente, no “SESC-Santos”. Com arranjos e direção musical do mesmo Filó Machado gravou seu segundo album, “Pra Contar”, em 2004, incluindo músicas de Cartola, Ivan Lins, Fátima Guedes, João Donato, entre outros, trabalho esse que teve as participações do pianista Laércio de Freitas e da flautista Léa Freire. Nadja participou também do musical "Viva Elis", que teve grande sucesso de público no Teatro Municipal de Santos.

Apresenta-se frequentemente no “Rádio City Café”, considerada uma das melhores casas noturnas do litoral sul de São Paulo, nos espacos do Sesc-Santos e nos mais variados projetos da Secretaria Municipal de Cultura de Santos. Participou de apresentações do cantor e compositor Lula Barbosa no Sesc-Pinheiros (São Paulo) e como convidada do pianista Michel Freidenson e do compositor e cantor carioca Jorge Simas, em shows no “Rádio City Café”. Seus trabalhos mais recentes incluem apresentações no Sesc-Ipiranga (São Paulo), dentro do projeto “Música e Afins”, e na tradicional casa “Villaggio Café” de São Paulo, acompanhada pelo violonista Marcos Canduta, o pianista Robson Nogueira e o clarinetista norte-americano John Berman. Em outubro de 2007 cantou acompanhada pelo pianista, compositor e arranjador Gilson Peranzzetta, como convidada especial em show no Teatro do Sesc-Santos.

Mais recentemente iniciou um trabalho ligado ao choro e samba-choro, com o tradicional grupo de choro santista “Os Cinco Companheiros”, tendo se apresentado no mais novo espaço dedicado ao choro, aos sábados, na Praça do Aquário Municipal em Santos (SP), onde se apresentou também, recentemente, acompanhada pela consagrado vilonista Luizinho Sete Cordas.

Ao final de 2007 Nadja gravou seu terceiro album, titulado “É Assim”, também interpretando músicas inéditas, em trabalho intimista de piano e voz, com o pianista Robson Nogueira, também autor de várias faixas. Este último CD teve seu lançamento em São Paulo, no Villaggio Café e, em Santos, no Teatro Municipal, incorporado no show “Trajetória”, quando Nadja fêz uma retrospectiva de seu três CDs. Este show, realizado em novembro de 2008, teve as participações especiais de Filó Machado e do baixista Rogério Botter Maio e resultou em seu primeiro DVD. Seu mais novo trabalho, de maior destaque, foi o show “Nadja Soares e Celso Lago cantam Fátima Guedes e Ivan Lins”, levado ao palco do Teatro Coliseu Santista, em julho de 2009.


Daniel Simonian (Diretor Musical)
Nascido em Santos, no litoral de São Paulo, foi aluno da primeira turma da Faculdade Internacional Souza Lima & Berklee no ano de 2004 em São Paulo, onde iniciou seus estudos acadêmicos na música;

Em 2008 cursou a ULM (Universidade Livre de Música). Estudou também com vários nomes da música instrumental brasileira, tais como: Fernando Corrêa, Bob Wyte, Lupa Santiago, Chico Pinheiro, Fábio Torres, Mauro Hector, Robertinho Gomes e Djalma Lima;

Se formou em Publicidade e Propaganda pela Universidade Santa Cecília de Santos em 2011;

Estudou arranjo com Claudio Leal Ferreira em 2013;

Atuou em Helsinki e Tallinn com um duo de música instrumental brasileira junto com o saxofonista Maurício Fernandes nos meses de Abril, Março e Maio de 2014;

É pós-graduado em Canção Popular pela FASM/SP (Faculdade Santa Marcelina), 2015;

Como músico, tem experiência profissional atuando em big bands, quintetos, regionais de choro e duos;

Como produtor musica, produz vários artistas da Baixa Santista em seu estúdio onde atua como professor na Escola Simonian de Música desde 2003;

É sócio fundador da empresa Zerotreze Projetos Socioculturais, na qual atua na elaboração, captação e execução de projetos aprovados por leis de incentivo a cultura.

Choro & Afins
"Choro & Afins" é o nome do grupo composto por 6 (seis) jovens músicos instrumentistas, formados pela Escola de Choro e Cidadania Luizinho 7 Cordas, do Clube do Choro de Santos. Por sua jovialidade e competência musical, tem encantado e comovido o público tocando ritmos próprios da música brasileira, em especial o CHORO. Além do choro fazem parte do repertório o samba, a bossa nova e até música clássica e blues, de forma inédita, com arranjos especiais para uma formação típica de regional de choro. Tendo como produtores Ademir Soares e a cantora Nadja Soares, que também participa como vocalista, o grupo iniciou suas atividades musicais em 2013 e se destaca pela interpretação e arranjos de composições de autores como Pixinguinha, Waldir Azevedo, Ernesto Nazareth, Dilermando Reis, Zequinha de Abreu, Garoto, Heitor Villa Lobos, Sérgio Bittencourt, Tom Jobim, Jacob do Bandolim, Benedito Lacerda, Altamiro Carrilho, Joaquim Callado, Ataulfo Alves, Nelson Cavaquinho, Chico Buarque, Noel Rosa, Cartola, Hamilton de Holanda, Zé Barbeiro e Luizinho 7 Cordas.

BRUNO DE LA ROSA

Pinacoteca Benedicto Calixto - 26/01 - 19h00

No show 'Vinicius de Moraes e a bossa nova', Bruno De La Rosa ilustra com as canções o encontro do poeta com Tom Jobim, Carlos Lyra, Baden Powell, entre outros parceiros. Além de histórias divertidas sobre as parcerias, De La Rosa caminha de modo lírico e interativo através da visita à revolução estética trazida por Vinicius na letra da canção brasileira'.

Bruno De La Rosa é músico brasileiro. Natural de Santos, hoje com 30 anos, De La Rosa entrou na música aos 8, através do som de Vinicius de Moraes e Toquinho, o que o levou imediatamente ao interesse pelo violão e mais tarde lhe renderia alguns de seus mais importantes trabalhos publicados: como compositor, o disco "Vasta cidade, festa de alguém" (Kuarup/Sony Music, 2012), com participação de Renato Teixeira e Toquinho, o "Songbook Toquinho", onde foi responsável pela seleção e transcrição harmônica e melódica de 62 canções (Lumiar/Irmãos Vitale, 2011), "Histórias de canções Vinicius de Moraes" (LeYa, 2013), escrito em parceria com Wagner Homem, e "Meu Segredo", onde fez a concepção artística e produção (em parceria com Marcos Alma e Wagner Amorosino) do primeiro álbum do baterista e compositor Mutinho (Lupicinio Rodrigues Sobrinho), aos 76 anos (Kuarup, 2017). O álbum conta com arte de Elifas Andreato e participações de Miúcha, Toquinho, Georgiana de Moraes (filha de Vinicius), Nenê (baterista), Silvia Góes, Roberto Sión entre outros, além do próprio Bruno ao violão.

DIDI GOMES TRIO

Pinacoteca Benedicto Calixto - 02/02 - 18h00

Didi Gomes, nascida Maria Edith de Paiva Gomes em 12/03/76, natural de Santos-SP, filha de Maria Madalena e Ayrton Gomes, músico, cantor e compositor conhecido da noite paulistana e santista, presidente e fundador do tradicional “Grêmio Cultural e Recreativo Chorões Santistas”.

Didi Gomes começou a cantar aos 8 anos de idade ao participar de programas regionais de calouros como: “Ilha Porchat na TV” e no “Programa do Raul Gil” em 1985, onde conquistou um primeiro lugar no concurso.

Logo se profissionalizou e passou a se apresentar em casas noturnas e eventos da região como cantora e percussionista ao lado de seu pai.

Em 2010 participou de um projeto com o ator e produtor teatral Alexandre Camilo - “O contador de histórias” cantando músicas infantis para as escolas da região levando cultura as crianças mais carentes.

No ano seguinte com o mesmo Alexandre Camilo, participou do projeto “Ação do Coração”, que faz parte do calendário oficial da cidade de Santos onde comemora-se o “Dia do Amor” todo dia 02 de agosto.

Em 2012 foi convidada pelos amigos Arizinho 7 Cordas e Paulinho Ribeiro a participar do primeiro festival “Exposamba 2012” na cidade de São Paulo-SP, onde conquistou o segundo lugar como intérprete com a música “Motim” (composição de Ari e Paulinho) que obteve o 3º lugar na classificação geral entre mais de 1.000 canções inscritas.

No ano de 2012/13/14 e 15 foi convidada por Ricardo Peres, com indicação do amigo e talentoso músico João Carlos Junior (Jota R) a participar do clipe em homenagem à cidade de Santos veiculado na TV Tribuna, afiliada da rede Globo, com grande repercussão na cidade e região.

Ainda participa de diversos projetos especiais como os já citados e ainda: Roda de Samba com o cantor Luiz Américo e Grupo Feitiço, gravação do CD das Escolas de Samba de Santos, Roda de Samba do Ouro Verde e com os Chorões Santistas em apresentações culturais como o projeto “Chorinho no Aquário” cantando marchas e sambas de carnavais antigos e composições próprias.

Participou da Ala Musical da GRCES Vai-Vai como interprete no ano de 2015 onde a escola sagrou-se campeã. Atualmente se apresenta com bastante frequência no Circuito SESC, incentivada pelo produtor cultural Michel Pereira que projeta a gravação do seu primeiro CD em breve.

Dona de uma voz única e de um jeito peculiar de cantar que impressiona pela afinação e personalidade o seu repertório é extenso e de qualidade que vai do Samba-Jazz ao Choro, da MPB antiga a atual, da Seresta ao Samba, passando por Tom Jobim, Milton Nascimento, Chico Buarque, Cartola, Ari Barroso e Pixinguinha entre outros mestres consagrados.

Campeã 2016 Exposamba Brasil Campeã 2017 pela escola de samba do Rio de Janeiro Mocidade independente de padre Miguel Quarto ano consecutivo na escola de samba Vai-Vai em SP Para 2018 na escola de samba x9 de Santos.

CONJUNTO DE VIOLÕES DO PROJETO ESCULPIR & CORDAS BANCÁRIAS

Praiamar Shopping - 20/01 - 11h00

CONJUNTO DE VIOLÕES DO PROJETO ESCULPIR é composto por crianças de 05 a 16 anos, residentes no entorno do Mercado Municipal de Santos e que vivem em áreas de risco social.

Neste projeto social realizado em parceria com a ASSOCIAÇÃO ESCULPIR, o objetivo é transformá-los em cidadãos conscientes em tudo. Com a possibilidade da profissionalização na música, sem deixar a escola.

As crianças a cada apresentação mostram a sociedade que a música tem o raro poder de transformar a vida das pessoas.

As crianças serão acompanhadas pelo CORDAS BANCÁRIAS, Orquestra de Violões do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, que conta com a regência do Maestro Antonio Manzione, que esteve à frente por 28 anos da Camerata “Heitor Villa-Lobos”, com mais de 1.000 apresentações e mais de 780 premiações.

Manzione foi o fundador do Curso Oficial de Violão de Santos, em 1972, já formou mais de 20 mil alunos com seus cursos gratuitos e mais de 200 professores de violão que atuam profissionalmente no Brasil e no exterior.

ORQUESTRA & CORAL DO PROJETO TOCANDO EM FRENTE

Praiamar Shopping - 20/01 - 11h30

O Tocando em Frente atende crianças da educação infantil e ensino fundamental, bem como jovens e adultos, da cidade de Cubatão desde 2011, proporcionando a estes a oportunidade de vivenciar as artes gratuitamente (música, dança, artes cênicas e plásticas). Estimulamos a motivação intelectual e a apreciação da multiculturalidade, culminando, assim, em um diálogo inter/transdisciplinar.

Por meio da vivência das diversas facetas artísticas e da interação com os professores, os alunos elevam sua autoestima, adquirindo cultura para compreensão e gestão das diversidades no mundo contemporâneo. Assim, despertamos nas pessoas a consciência de que elas podem ser o fator preponderante para a conquista de seus maiores objetivos.

O projeto foi aprovado pelo Ministério da Cultura no ano de 2014 e vem desenvolvendo um importante trabalho de educação musical e formação de público.

Idealizador: Anderson Fabiano Souza de Oliveira

ORQUESTRA FILARMÔNICA JOVEM DA BAIXADA SANTISTA

Praiamar Shopping - 21/01 - 11h00

A Orquestra
A Orquestra Filarmônica Jovem da Baixada Santista é um projeto recente, iniciado no meio do ano de 2017, mas já conta com a presença de mais de 30 músicos incluindo solistas convidados da Baixada e de São Paulo. A orquestra, que tem como maestro e idealizador Ásafe Soler, visa principalmente à integração, através da experiência orquestral com repertório e formação sinfônica, de jovens músicos interessados em seguir essa carreira. Além disso, o projeto também pretende, por meio de apresentações e concertos didáticos, promover o interesse e o acesso à arte e à cultura pelos quatro cantos da nossa querida baixada santista.

O Maestro
Nascido em Santos, o Maestro Ásafe Soler começou os estudos musicais desde pequeno e com 11 anos ingressou no Conservatório Municipal de Cubatão no curso de Piano Erudito. Mais adiante, teve contato com a música coral através do Maestro Samuel Lourenço, e seu interesse pelo canto e regência motivou-o a ter aulas sobre o assunto. Também teve aulas de piano, harmonia e composição com o profº livre docente Sérgio de O. Vasconcellos-Corrêa. Começou a reger seu primeiro coro com 18 anos e logo após, em 2016, ingressou na USP como bacharelando em Regência onde começou suas aulas com o profº Titular Maestro Marco Antônio da Silva Ramos. Atualmente, Ásafe trabalha como coralista do Coro de Câmara da USP e como Regente Titular do coral Ebenézer da 1ªIPB de Santos e da Orquestra Filarmônica Jovem da Baixada Santista

Rio Santos BOSSA FEST 2018 – 60 anos da BOSSA NOVA

O objetivo principal do RIO SANTOS BOSSA FEST 2018 é trazer entretenimento para o público da Baixada Santista através do melhor da produção brasileira da BOSSA NOVA.

Patrimônio nacional, a BOSSA NOVA é um gênero musical nascido no país e conhecido no mundo inteiro.

Em 2018, vamos celebrar em grande estilo os seus joviais 60 anos

O festival também irá fazer parte das comemorações do Dia Nacional e Municipal da BOSSA NOVA, comemorados sempre em 25 de janeiro

A data que celebra o Dia Nacional da BOSSA NOVA foi criada através de Lei Federal no. 11.926, de 17 de abril de 2009, inspirada no dia de nascimento de Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim.

Em Santos, foi instituída através de Lei Municipal no. 2.972, de 14 de março de 2014, que inclui no Calendário Oficial do Município, a Semana da Bossa Nova, comemorada sempre de 19 a 25 de janeiro, por inciativa do então Vereador Douglas Gonçalves, que atendeu a nossa solicitação.

De forma acessível e com entrada gratuita, o Festival será dividido em 20 dias, com atrações brasileiras, de artistas de alto gabarito e reconhecidos no exterior, das cidades do Rio de Janeiro, considerada como o berço da BOSSA NOVA e de Santos e da cidade de São Paulo.

Acontecerá entre os dias 19 de janeiro e 11 de fevereiro de 2018, com 24 dias de duração e atividades programadas para o TEATRO COLISEU, TEATRO DO SESC SANTOS, PRAIAMAR SHOPPING, PINACOTECA BENEDICTO CALIXTO, AUDITÓRIO DA PORTO SEGURO.

TRIBUTOS A JOÃO GILBERTO, TOM JOBIM, ROBERTO MENESCAL, AO SAMBA JAZZ, DIVAS DA BOSSA NOVA, VINICIUS DE MORAES, MARCOS VALLE, JOÃO DONATO, MANFREDO FEST, SERGIO MENDES, CARLOS LYRA, ELIS REGINA ENTRE OUTROS

O RIO SANTOS BOSSA FEST 2018 é voltado exclusivamente ao interesse público, a formação e informação do público e ao desenvolvimento de suas bases culturais e sensibilidade artística, oferecido a população gratuitamente.

Bruno Conde

Pinacoteca Benedicto Calixto - 03/02 - 18h00

Natural de Santos SP, Bruno Conde é violonista, compositor, arranjador e professor de música.

Conde tem três discos lançados:
• “PRISMA” (2011), que tem participação das vozes de CELSO LAGO, LARISSA FINOCCHIARO, KLEBER SERRADO e RENATO BRAZ.
• “EKOA” (2015), em parceria com os amigos KLEBER SERRADO (voz) e THEO CANCELLO (piano), com participações de MARCOS SUZANO, RENATO BRAZ, TENNYSON e ZAMBI.
• “CONFINS” (2017), conta com participações de grandes artistas. Vozes de ANDRÉ FERNANDES, BRUNA MORAES, GUILHERME NEVES, KLEBER SERRADO, LADSTON DO NASCIMENTO, MATEUS SARTORI, PABLO FAUAZ, RENATO MOTHA, TENNYSON, trio SINHÁ FLOR e VITOR RAMIL, além dos instrumentistas ANDRÉ MEHMARI, FELIPE ROMANO, MARIO GIL, NAILOR PROVETA, THEO CANCELLO, TENNYSON, trio SINHÁ FLOR, ULISSES NICOLAI e ROSSANA NICOLAI. Arranjo para cordas de LAUTARO MICHAUX.

Em maio de 2014, o trio EKOA fez duas apresentações com a ORQUESTRA JOVEM TOM JOBIM e seu maestro titular ROBERTO SION, que orquestrou duas canções de autoria do trio. Os registros de áudio visual desta apresentação estão disponíveis acessando o web programa PROJETO GALPÃO. (youtube.com/projetogalpao)

Em maio de 2015 gravou a web série "VIOLANDO", com arranjos inéditos para músicas consagradas. Em clima intimista, os vídeos foram gravados em um único “take”, sem cortes, priorizando a veracidade das interpretações. O projeto continua com o nome "VIOLANDO em casa", agora produzido na casa do artista e com frequência semanal no youtube. (youtube.com/bconde85)

Em parceria com os amigos e músicos Kleber Serrado e Theo Cancello, produziu o web programa PROJETO GALPÃO, divulgando a música autoral, com quase 30 vídeos disponibilizados na internet, o trio contou com as participações de ZÉ LUIZ MAZZIOTTI, FILÓ MACHADO, ARISMAR DO ESPÍRITO SANTO, maestro ROBERTO SION, PEDRO ALTÉRIO, GILSON PERANZZETTA, LULA BARBOSA, entre outros. (youtube.com/projetogalpao)

Em 2017, BRUNO CONDE participou do CD “DOIS EM PESSOA – VOLUME II” dos mineiros RENATO MOTHA e PATRÍCIA LOBATO. Arranjou e gravou os violões de três faixas no CD do compositor GUILHERME NEVES, uma delas com o sanfoneiro TONINHO FERRAGUTTI.

Larissa Finocchiaro (larissafinocchiaro.com)

Iniciou sua prática musical no Projeto Guri aos 15 anos, onde conheceu seus primeiros parceiros musicais para formar o grupo vocal Karallargá – com Vanessa Moreno, Caio Merseguel e Victor Merseguel. Atuou como cantora e compositora neste grupo entre 2006 e 2013, com quem se apresentou em diversos centros culturais de São Paulo e região do ABC, festivais, na rede SESC e SESI do interior de São Paulo e Capital, tendo gravado um disco com participação de Filó Machado. Participou do projeto e gravação do cd “Prisma”, no qual interpretou composições suas em parceria com o violonista Bruno Conde e dividiu palco com os cantores Celso Lago e Renato Braz. Também trabalhou por dois anos com o acordeonista Gabriel Levy, sendo monitora de naipe em um coral de adultos entre 2013 e 2015.

Além do bacharelado em Psicologia, atualmente estuda Canto Popular com Andrea dos Guimarães no Conservatório de Tatuí e é licencianda em educação musical pela UFSCar. Como professora de canto é certificada pelo Institute for Vocal Advancement.

Faz parte de alguns projetos musicais como: a “Saraivada”, com o compositor e violonista Chico Saraiva; Orquestra do Corpo dirigida pelo Fernando Barba e Stênio Mendes.

Em 2018 se prepara para gravar seu primeiro disco autoral com produção musical e arranjos do baixista Fi Maróstica.

SEBASTIAN ROT

Pinacoteca Benedicto Calixto - 19/01 - 19h30 | 22/01 - 19h30

Nascido em Santos, o cantor, intérprete, pianista, tecladista, compositor e arranjador Sebastian Rot desde cedo despertou suas aptidões musicais, Começando a tocar piano sozinho a partir dos 5 anos de idade. Entrou numa escola de piano aos 8 anos e desde então, nunca mais parou de estudar.

Canta solo, ou acompanhado de seus teclados, ou um dupla, em trio, quarteto, banda com até 09 integrantes, realizando festas, eventos, casamentos Utilizando o mais moderno em equipamentos de áudio e iluminação digital.

A partir dos 10 anos de idade começou a realizar apresentações musicais dentro de lojas como Casas Bahia, Marabraz, Columbos e Casas Pernambucanas.  

Aos 12 anos participou do programa “Debaixo do Chuveiro” da apresentadora Eliana no SBT onde foi vencedor. Participou do Projeto Guri.  

Já se apresentou em diversos programas de TV da região, como por exemplo, no Notícia e CIA. Da Santa Cecília TV com Eduardo Lucas.

Se apresentou nas Tendas de Verão da cidade de Santos, nos anos 2011 e 2012 onde gravou seu CD e DVD ao vivo. Também se apresentou no Inverno Santos e, em eventos beneficentes de grande visibilidade como na Gota de Leite, por três anos consecutivos. Já participou da noite da Pizza,   Realizada pelo Sr. Marcelo Teixeira e na subida da Nossa Senhora do Mont Serrat, evento tradicional da cidade de Santos.   Já tocou ao lado de grandes nomes da música da região como Priscila Suzuki, Alessandra Hourneaux, Marquinhos Percurssão e o grupo Dois Mais Um, além   De ter atualmente aulas de gravação digital e Computer Music com o produtor musical Fábio Luiz Salgado.

Aos 17 anos, em 2012, foi vencedor do Festival de Música em Cubatão, realizado no Jardim Casqueiro.   Sempre é convidado para apresentações no Mercado Municipal de Santos.   Em 2013, participou de eventos importantes, como o Arte no Dique e a Ação do Coração, junto como ator Alexandre Camilo.

Participa do Coral do Musicais de Lourdes Navarro e estará se apresentando no 9º Aleluia é Natal da Pinacoteca Benedicto Calixto, E aos 21 anos de idade começou a estudar a música popular Brasileira, onde começou a conhecer seus compositores, músicos e cantores mais profundamente. E agora aos 22 anos dedica seu trabalho músical a MPB e a bossa nova.

Fábio Luiz Salgado convida Viviane Davoglio & LISETE CAPELETTO

Pinacoteca Benedicto Calixto - 28/01 - 19h00

Fábio Luiz Salgado, 45 anos, natural de São Vicente, é músico profissional há 25 anos, com formação em Piano Clássico e Jazz. Como professor de música leciona há mais de 20 anos, com criação de Metodologia direcionada a crianças, jovens e adultos.

Com formação acadêmica em Ciências da Computação, pela Universidade Santa Cecília, utiliza as mais modernas ferramentas da Informática para agregar à Música todos os recursos possíveis que a Tecnologia oferece, e o Teclado se destacou como o instrumento musical ideal para essa atividade.

Já atuou em diversas bandas, conjuntos e grupos musicais da região, e também como músico acompanhante de artistas que se apresentaram em programas de TV, como Raul Gil além de atuar na produção musical de artistas como exemplo Marcelo de Nóbrega, filho do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega do SBT.

Foi Product Specialist da Roland Brasil, uma das mais importantes indústrias de instrumentos, na área de tecnologia musical. Realizou consultoria para a importadora dos produtos Kurzweil Music Systems e Yamaha Music. É Analista de Produtos, de WEB Marketing e Pós-Vendas da empresa X5 Music Instrumentos Musicais, de São Paulo. 
Fornece matérias de caráter informativo para revistas especializadas (Home Studio, Teclado&Áudio e Playmusic).

Além de desenvolver individualmente trabalho autoral e fazer apresentações solo como intérprete, atua também como produtor musical. Atua na produção, gravação e masterização de CDs e DVDs de dezenas de artistas da região em estúdios profissionais ou unidades móveis.
  Elaborou e participou de workshops sobre Música e Tecnologia na FAAM (Faculdade de Artes Alcântara Machado), sob a reitoria do maestro João Carlos Martins, em São Paulo.

Realizou palestras semelhante na Universidade Anhembi-Morumbi, em São Paulo.
Elaborou e conduziu o Curso de Música no Computador realizado no SESC Santos.
Produziu e dirigiu a gravação de áudio e de DVD de vários artistas da região da Baixada Santista, com destaque para Banda Siryus, Sebastian, Priscila Suzuki e o Trio Los Locos.
Participou na produção musical, gravação, elaboração de arranjos e produção de todo o espetáculo “Auto de Natal”, encontro de Corais promovido pela Prefeitura Municipal de Santos, durante 4 anos consecutivos.

Adequou e realizou o projeto de áudio para o estúdio da TV Guarujá, na cidade do Guarujá, onde presta consultoria de áudio e vídeo.
Criou, conduziu e viabilizou o Curso de Elaboração de Projetos Culturais e Captação de Recursos através de Incentivos Fiscais realizado em São Vicente no Cine 3D e em Santos no Salão Verde, (nos jardins) da Pinacoteca.
Elaborou e realizou, em parceria com as Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, a Oficina de Arranjos Musicais através de Softwares, onde desenvolve a capacidade da Produção Musical de músicas ou hobbystas interessados em criar seu próprio CD.
Em formato gratuito, realiza curso para iniciantes em Piano, em parceria com a Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto, além de Workshops sobre como Produzir Música no Computador, sempre com inscrição dos interessados mediante doação de alimentos que são doados ao Fundo Social de Solidariedade de Santos – S.P.

Realiza Consultoria Técnica para a Pinacoteca Benedicto Calixto, na organização dos eventos e elaboração de Cursos; atuou na criação do Curso “Como Entender a Música Clássica” ministrada pelo compositor José Antônio de Almeida Prado, logo em seguida realizou o Curso “O Piano”, em parceria e sob a supervisão de Eduardo Paulino; participou da gravação e mixagem do CD “Óleo Sobre Teclas”, lançado em comemoração ao Jubileu de Prata da instituição e, no hoje tradicional “Encontro de Corais de Natal”, auxiliou na engenharia de áudio, locução e operação das primeiras edições e em 2011 atuou diretamente na organização geral do evento.
Atua como Personal Coaching and Menthoring orientando artistas a explorar o melhor de seu potencial para atingir melhores resultados profissionais através de inúmeras técnicas atuais e estatisticamente comprovadas aplicadas inclusive em grandes empresas e profissionais liberais com alto rendimento.
Entre os equipamentos que possui trabalha com os mais modernos instrumentos das mais renomadas marcas como Roland, Yamaha, Korg, Boss, Novation, M-Audio, Avid e outros, além de softwares e hardwares instalados em computadores e notebooks.

Eventos Musicais Recentes 

Lançamento do CD “Classical Rendez-vous”, com Eduardo Paulino ao piano; realizado em maio de 2011 no Teatro Guarany, em Santos. Evento aberto com a apresentação solo de Fábio Salgado ao piano apresentando um repertório de Bossa Nova com arranjos inéditos. Pocket Show realizado em piano Steinway & Sons.
Conduziu a produção e viabilização técnica da Semana de Artes da Pinacoteca Benedicto Calixto em comemoração ao Jubileu de Prata da Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto e que trouxe, durante 08 dias consecutivos, uma gama de artistas e eventos.
Realização dos Corais de Natal, em sua sétima edição, na Pinacoteca Benedicto Calixto, contando com corais profissionais como o Coral da Cidade de Tatuí, a capital da música.
Gravação, mixagem e lançamento do CD da pianista russa Natasha Kislenko, em única apresentação no Brasil, exclusiva realizada na Pinacoteca Benedicto Calixto, em dezembro de 2011.
Confraternização da UNIMED, realização de show no Clube Internacional de Regatas, em dezembro de 2011.
  Confraternização da TRANSBRASA, realização de show na própria empresa em dezembro de 2011.
  Confraternização da PETROBRÁS, realização de show no Clube 2004, em dezembro de 2011.
  Confraternização no E.C. Beira-Mar, realizado em dezembro de 2011.
  Réveillon no Parque Balneário HOTEL, para hóspedes, em dezembro de 2011.
  Tenda na Praia com Priscila Suzuki e Sebastian, shows promovidos pela Prefeitura Municipal de Santos na orla da praia, em janeiro de 2012.
  Tenda na Praia com Brazilian Band, show promovido pela Prefeitura Municipal de Praia Grande na orla da praia, em janeiro de 2012.
  Tenda na Praia com Banda Siryus, show promovido pela Prefeitura Municipal de Santos na orla da praia, em janeiro de 2012.

Viviane Davoglio

Brasileira, cantora, intérprete, que iniciou sua carreira participando de festivais de música e musicais infantis. Logo depois, começou a mostrar seu talento em bares da cidade como Bar da Praia, Sótão, Fritz Lang e outros. Aos 22 anos, trabalhou na banda de baile TRILHA SONORA, aonde desenvolveu um trabalho mais eclético.

Foi para o Japão, OSAKA, numa temporada de 06 meses, convidada pelo Buffet Colonial de São Paulo.

No ano seguinte, junto com o tecladista Claudio Mauriz, iniciou uma fase independente, realizando eventos como casamentos, convenções, formaturas, entre outros.

Fez parte do grupo de serenatas “Trovadores Urbanos”, de São Paulo. Em 2005, recebeu o prêmio Braz Cubas de melhor cantora do ano de 2004.
Foi convidada a participar da gravação dos CDs de Helvio Duque (Mia), junto com seu amigo Celso Lago; do CD “Obrigado,mamãe”, de Pedro Bandeira e da pianista e compositora santista, Glorinha Velloso.

Conquistou os 1º lugares e recebeu o prêmio de melhor interprete, três anos consecutivos, no Festival de Música Mariana, em Aparecida, concorrendo com interpretes de todo o país.

Iniciou apresentações no SESC Bertioga, com o “Trio Brasil”, comandando um Luau durante quase três anos, acompanhada dos músicos Bheto Alves, no violão e Claudio Mauriz, no cajon.
Interpretou Cartola no SESC, e logo depois, Karen Carpenter.
Contatos: E-MAIL - viviane_davoglio@hotmail.com
Tels: (13) 91273443
(13) 32883622

Lisete Capeletto

Paulistana, Jornalista e Radialista conheceu a Música através do piano, aos nove anos de idade. 

Aprimorou seus estudos no Canto, participou de eventos e festivais de Música, integrou o Coral do SESC em SP, atuou como vocalista em Bandas da Capital participando de Projetos Culturais, Eventos Corporativos e Institucionais. 

Idealizadora e produtora de Programas de Rádio, há alguns anos elabora e participa de eventos voltados ao terceiro setor, realiza ações voluntárias, levando a Música para as esferas menos favorecidas.

Rita Gottardi

Pinacoteca Benedicto Calixto - 04/02 - 17h00

Há 10 anos iniciou sua carreira como cantora em Santos e São Paulo.
Apresentou-se em:
SESC INTERLAGOS
CHORINHO NO AQUÁRIO
TV TRIBUNA- ENTREVISTA ESPECIAL SOBRE O CHORINHO NO AQUARIO 
Participação em PROGRAMAS DE ENTREVISTAS EM CANAIS REGIONAIS
TEATRO GUARANI- apresentação com Moacyr Luz.
COMEDORIA SESC DE SANTOS
INÚMEROS BARES E RESTAURANTES DA CIDADE DE SANTOS
TENDAS DE SANTOS
PRAÇAS 
CONCHA ACÚSTICA
HOSPITAIS EM SÃO PAULO E EM SANTOS
FESTAS E EVENTOS
SERENATAS
CLIPES: AÇÃO DO CORAÇÃO E DIA MUNDIAL DO AUTISMO

Fábio Luiz Salgado

Fábio Luiz Salgado, 45 anos, natural de São Vicente, é músico profissional há 25 anos, com formação em Piano Clássico e Jazz. Como professor de música leciona há mais de 20 anos, com criação de Metodologia direcionada a crianças, jovens e adultos.

Com formação acadêmica em Ciências da Computação, pela Universidade Santa Cecília, utiliza as mais modernas ferramentas da Informática para agregar à Música todos os recursos possíveis que a Tecnologia oferece, e o Teclado se destacou como o instrumento musical ideal para essa atividade.

Já atuou em diversas bandas, conjuntos e grupos musicais da região, e também como músico acompanhante de artistas que se apresentaram em programas de TV, como Raul Gil além de atuar na produção musical de artistas como exemplo Marcelo de Nóbrega, filho do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega do SBT.

Foi Product Specialist da Roland Brasil, uma das mais importantes indústrias de instrumentos, na área de tecnologia musical. Realizou consultoria para a importadora dos produtos Kurzweil Music Systems e Yamaha Music. É Analista de Produtos, de WEB Marketing e Pós-Vendas da empresa X5 Music Instrumentos Musicais, de São Paulo. 
Fornece matérias de caráter informativo para revistas especializadas (Home Studio, Teclado&Áudio e Playmusic).

Além de desenvolver individualmente trabalho autoral e fazer apresentações solo como intérprete, atua também como produtor musical. Atua na produção, gravação e masterização de CDs e DVDs de dezenas de artistas da região em estúdios profissionais ou unidades móveis.
  Elaborou e participou de workshops sobre Música e Tecnologia na FAAM (Faculdade de Artes Alcântara Machado), sob a reitoria do maestro João Carlos Martins, em São Paulo.

Realizou palestras semelhante na Universidade Anhembi-Morumbi, em São Paulo.
Elaborou e conduziu o Curso de Música no Computador realizado no SESC Santos.
Produziu e dirigiu a gravação de áudio e de DVD de vários artistas da região da Baixada Santista, com destaque para Banda Siryus, Sebastian, Priscila Suzuki e o Trio Los Locos.
Participou na produção musical, gravação, elaboração de arranjos e produção de todo o espetáculo “Auto de Natal”, encontro de Corais promovido pela Prefeitura Municipal de Santos, durante 4 anos consecutivos.

Adequou e realizou o projeto de áudio para o estúdio da TV Guarujá, na cidade do Guarujá, onde presta consultoria de áudio e vídeo.
Criou, conduziu e viabilizou o Curso de Elaboração de Projetos Culturais e Captação de Recursos através de Incentivos Fiscais realizado em São Vicente no Cine 3D e em Santos no Salão Verde, (nos jardins) da Pinacoteca.
Elaborou e realizou, em parceria com as Oficinas Culturais do Estado de São Paulo, a Oficina de Arranjos Musicais através de Softwares, onde desenvolve a capacidade da Produção Musical de músicas ou hobbystas interessados em criar seu próprio CD.
Em formato gratuito, realiza curso para iniciantes em Piano, em parceria com a Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto, além de Workshops sobre como Produzir Música no Computador, sempre com inscrição dos interessados mediante doação de alimentos que são doados ao Fundo Social de Solidariedade de Santos – S.P.

Realiza Consultoria Técnica para a Pinacoteca Benedicto Calixto, na organização dos eventos e elaboração de Cursos; atuou na criação do Curso “Como Entender a Música Clássica” ministrada pelo compositor José Antônio de Almeida Prado, logo em seguida realizou o Curso “O Piano”, em parceria e sob a supervisão de Eduardo Paulino; participou da gravação e mixagem do CD “Óleo Sobre Teclas”, lançado em comemoração ao Jubileu de Prata da instituição e, no hoje tradicional “Encontro de Corais de Natal”, auxiliou na engenharia de áudio, locução e operação das primeiras edições e em 2011 atuou diretamente na organização geral do evento.
Atua como Personal Coaching and Menthoring orientando artistas a explorar o melhor de seu potencial para atingir melhores resultados profissionais através de inúmeras técnicas atuais e estatisticamente comprovadas aplicadas inclusive em grandes empresas e profissionais liberais com alto rendimento.
Entre os equipamentos que possui trabalha com os mais modernos instrumentos das mais renomadas marcas como Roland, Yamaha, Korg, Boss, Novation, M-Audio, Avid e outros, além de softwares e hardwares instalados em computadores e notebooks.

Eventos Musicais Recentes 

Lançamento do CD “Classical Rendez-vous”, com Eduardo Paulino ao piano; realizado em maio de 2011 no Teatro Guarany, em Santos. Evento aberto com a apresentação solo de Fábio Salgado ao piano apresentando um repertório de Bossa Nova com arranjos inéditos. Pocket Show realizado em piano Steinway & Sons.
Conduziu a produção e viabilização técnica da Semana de Artes da Pinacoteca Benedicto Calixto em comemoração ao Jubileu de Prata da Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto e que trouxe, durante 08 dias consecutivos, uma gama de artistas e eventos.
Realização dos Corais de Natal, em sua sétima edição, na Pinacoteca Benedicto Calixto, contando com corais profissionais como o Coral da Cidade de Tatuí, a capital da música.
Gravação, mixagem e lançamento do CD da pianista russa Natasha Kislenko, em única apresentação no Brasil, exclusiva realizada na Pinacoteca Benedicto Calixto, em dezembro de 2011.
Confraternização da UNIMED, realização de show no Clube Internacional de Regatas, em dezembro de 2011.
  Confraternização da TRANSBRASA, realização de show na própria empresa em dezembro de 2011.
  Confraternização da PETROBRÁS, realização de show no Clube 2004, em dezembro de 2011.
  Confraternização no E.C. Beira-Mar, realizado em dezembro de 2011.
  Réveillon no Parque Balneário HOTEL, para hóspedes, em dezembro de 2011.
  Tenda na Praia com Priscila Suzuki e Sebastian, shows promovidos pela Prefeitura Municipal de Santos na orla da praia, em janeiro de 2012.
  Tenda na Praia com Brazilian Band, show promovido pela Prefeitura Municipal de Praia Grande na orla da praia, em janeiro de 2012.
  Tenda na Praia com Banda Siryus, show promovido pela Prefeitura Municipal de Santos na orla da praia, em janeiro de 2012.